Frases e Pensamentos de Voar

Frases de Voar,Mensagens de Voar,Pensamentos de Voar, Reflexões sobre Voar, Citações de Voar,Poemas,Poesias

VOAR

20 resultados encontrados

O homem nasceu para trabalhar, tal como o pássaro para voar
( François Rabelais )


O homem nasceu para trabalhar, tal como o pássaro para voar.
( François Rabelais )


Quanto mais me elevo, menor fico aos olhos de quem não sabe voar.
( FRIEDRICH NIETZSCHE )


Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar.
( FRIEDRICH NIETZSCHE )


Com a força da sua mente, seu instinto e, também com sua experiência você pode voar alto.
( Ayrton Senna )


Tudo que é necessário para realizar um vôo suave e fácil é voar solto e despreocupado.
( Frases e Pensamentos de Richard Bach )


É preferível suportar os males que temos do que voar para aqueles que não conhecemos.
(Frases e Pensamentos de William Shakespeare)


O homem é uma águia que voa; a mulher um rouxinol que canta. Voar é dominar os espaços; cantar é conquistar a alma.
( Frases e Pensamentos de Vitor Hugo )


Amar é ter um pássaro pousado no dedo. Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, a qualquer momento, ele pode voar.
( Frases e Pensamentos de RUBEM ALVES)


Quero saber o que é o mundo e por que estou aqui e para onde estou indo...Quero saber também como voar sem um avião, se assim o desejar.
( Frases e Pensamentos de Richard Bach )


Uma vez que você tenha experimentado voar, você andará pela terra com seus olhos voltados para céu, pois lá você esteve e para lá você desejará voltar.
( Autor: Leonardo da Vinci)


Quando você chega ao limite de toda luz que você conhece, e está a ponto de dar um passo na escuridão, FÉ é saber que uma dessas coisas vai acontecer: vai haver chão, ou você vai ser ensinado a voar
( Frases e Pensamentos de Richard Bach )


Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados. O que elas amam são pássaros em vôo. Existem para dar aos pássaros coragem para voar. Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque o vôo já nasce dentro dos pássaros. O vôo não pode ser ensinado. Só pode ser encorajado.
( Frases e Pensamentos de RUBEM ALVES)


Mãe. Teus braços sempre se abrem quando preciso um abraço. Teu coração sabe compreender quando preciso uma amiga. Teus olhos sensíveis se endurecem quando preciso uma lição. Tua força e teu amor me dirigiram pela vida e me deram as asas que precisava para voar.( Frases e Pensamentos de Desconhecido Mensagem sobre Dia das Mães )


Deus não podia estar em todas partes ao mesmo tempo,e por isso criou às mães.quando preciso uma amiga. Teus olhos sensíveis se endurecem quando preciso uma lição. Tua força e teu amor me dirigiram pela vida e me deram as asas que precisava para voar.
( Frases e Pensamentos de Autor Desconhecido) Mensagem sobre Dia das Mães


Teus braços sempre se abrem quando preciso um abraço. Teu coração sabe compreender quando preciso uma amiga. Teus olhos sensíveis se endurecem quando preciso uma lição. Tua força e teu amor me dirigiram pela vida e me deram as asas que precisava para voar.
( Frases e Pensamentos de Autor Desconhecido) Mensagem sobre Dia das Mães


O Homem e a Mulher ( VICTOR HUGO )

O homem é a mais elevada das criaturas; a mulher, o mais sublime dos ideais.
Deus fez para o homem um trono; para a mulher fez um
altar. O trono exalta e o altar santifica.
O homem é cérebro; a mulher, coração. O cérebro produz a
luz; o coração produz amor. A luz fecunda; o amor ressuscita.
O homem é o gênio, a mulher o anjo. O gênio é
imensurável; o anjo é indefinível.
A aspiração do homem é a suprema gloria; a aspiração da
mulher é a virtude extrema. A gloria promove a grandeza e a virtude, a divindade.
O homem tem a supremacia; a mulher, a preferência. A
supremacia significa forca; a preferência representa o direito.
O homem é forte pela razão; a mulher invencível pelas
lagrimas. A razão convence e as lagrimas comovem.
O homem é capaz de todos os heroísmos; a mulher, de
todos os martírios. O heroísmo enobrece e o martírio purifica.
O homem pensa e a mulher sonha. Pensar é ter uma palavra
no cérebro; sonhar é ter na fronte uma aureola.
O homem é a águia que voa; a mulher, o rouxinol que
canta. Voar é dominar o espaço e cantar é conquistar a alma.
Enfim o homem esta colocado onde termina a terra;
a mulher, onde começa o céu.


O Homem e a Mulher ( VITOR HUGO )

O homem é a mais elevada das criaturas.
A mulher, o mais sublime dos ideais.
Deus fez para o homem um trono; para a mulher fez um altar.
O trono exalta e o altar santifica.
O homem é o cérebro; a mulher, o coração. O cérebro produz a luz; o coração
produz amor. A luz fecunda; o amor ressuscita.
O homem é o génio; a mulher é o anjo. O génio é imensurável; o anjo é
indefenível;
A aspiração do homem é a suprema glória; a aspiração da mulher é a virtude
extrema; A glória promove a grandeza e a virtude, a divindade.
O homem tem a supremacia; a mulher, a preferência. A supremacia significa a
força; a preferência representa o direito.
O homem é forte pela razão; a mulher, invencível pelas lágrimas.
A razão convence e as lágrimas comovem.
O homem é capaz de todos os heroísmos; a mulher, de todos os martírios. O
heroísmo enobrece e o martírio purifica.
O homem pensa e a mulher sonha. Pensar é ter uma larva no cérebro; sonhar é ter
na fronte uma auréola.
O homem é a águia que voa; a mulher, o rouxinol que canta. Voar é dominar o
espaço e cantar é conquistar a alma.
Enfim, o homem está colocado onde termina a terra; a mulher, onde começa o céu.


Sobre a conversação (KAHLIL GIBRAN)



...Então, um literato disse: - "Fala-nos da conversação".
E ele respondeu:
- "Vós conversais quando deixais de estar em paz com vossos pensamentos. E
quando não podeis mais viver na solidão de vosso coração, procurais viver nos
vossos lábios, e encontrais então uma diversão e um passatempo nas vibrações
emitidas. Em grande parte de vossas conversações, o pensamento é meio
assassinado. Pois, o pensamento é uma ave do espaço que, numa gaiola de
palavras, pode abrir as asas, mas não pode voar.
Há entre vós, aqueles que procuram os faladores por medo da solidão. A quietude
da solidão revela-lhes seu eu-desnudo, e eles preferem escapar-lhe.
E há aqueles que falam e, sem o saber ou prever, traem uma verdade que eles
próprios não compreendem. E há aqueles que possuem a verdade dentro de si, mas
não a expressam em palavras. No íntimo de tais pessoas, o espírito
habita num silêncio rítmico.
Quando encontrardes vosso amigo na rua ou no mercado público, deixai que o
espírito que esta em vós ponha em movimento vossos lábios e dirija vossa língua.
E que a voz escondida na vossa voz fale ao ouvido de seu ouvido; pois sua alma
guardara a verdade de vosso coração, como é lembrado o sabor do vinho. Mesmo
depois que a sua cor houver sido esquecida, e a taça que o
continha não mais existir.


A maior Tortura ( FLORBELA ESPANCA )

Na vida, para mim, não há deleite.
Ando a chorar convulsa noite e dia ...
E não tenho uma sombra fugidia
Onde poise a cabeça, onde me deite !
E nem flor de lilás tenho que enfeite
A minha atroz, imensa nostalgia ! ...
A minha pobre Mãe tão branca e fria
Deu-me a beber a Mágoa no seu leite !
Poeta, eu sou um cardo desprezado,
A urze que se pisa sob os pés.
Sou, como tu, um riso desgraçado !
Mas a minha tortura inda é maior:
Não ser poeta assim como tu és
Para gritar num verso a minha Dor ! ...
Fanatismo
Minh’alma, de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver !
Não és sequer a razão do meu viver,
Pois que tu és já toda a minha vida !
Não vejo nada assim enlouquecida ...
Passo no mundo, meu Amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida !
"Tudo no mundo é frágil, tudo passa ..."
Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim !
E, olhos postos em ti, digo de rastros :
"Ah ! Podem voar mundos, morrer astros,
Que tu és como Deus : Princípio e Fim ! ..."
Os versos que te fiz
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer !
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.
Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder ...
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer !
Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda ...
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz !
Amo-te tanto ! E nunca te beijei ...
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!
Os versos que te fiz
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que a minha boca tem pra te dizer !
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.
Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder ...
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer !
Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda ...
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz !
Amo-te tanto ! E nunca te beijei ...
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!
Ambiciosa
Para aqueles fantasmas que passaram,
Vagabundos a quem jurei amar,
Nunca os meus braços lânguidos traçaram
O voo dum gesto para os alcançar ...
Se as minhas mãos em garra se cravaram
Sobre um amor em sangue a palpitar ...
__Quantas panteras bárbaras mataram
Só pelo raro gosto de matar !
Minh’ alma é como a pedra funerária
Erguida na montanha solitária
Interrogando a vibração dos céus !
O amor dum homem ? __Terra tão pisada,
Gota de chuva ao vento baloiçada ...
Um homem ? __Quando eu sonho o amor de um Deus ! ...
Versos de orgulho
O mundo quer-me mal porque ninguém
Tem asas como eu tenho ! Porque Deus
Me fez nascer Princesa entre plebeus
Numa torre de orgulho e de desdém.
Porque o meu Reino fica para além ...
Porque trago no olhar os vastos céus
E os oiros e clarões são todos meus !
Porque eu sou Eu e porque Eu sou Alguém !
O mundo ? O que é o mundo, ó meu Amor ?
__O jardim dos meus versos todo em flor ...
A seara dos teus beijos, pão bendito ...
Meus êxtases, meus sonhos, meus cansaços ...
__São os teus braços dentro dos meus braços,
Via Láctea fechando o Infinito.
Cantigas leva-as o vento...
A lembrança dos teus beijos
Inda na minh'alma existe,
Como um perfume perdido,
Nas folhas dum livro triste.
Perfume tão esquisito
E de tal suavidade,
Que mesmo desapar'cido
Revive numa saudade!